Halloween: por que associamos vampiros aos vinhos?

Quando pensamos em vampiros, imediatamente alguns elementos vêm à cabeça: sangue, morcegos e, em muitos casos, vinho. Quer entender se realmente existe uma relação entre esses seres ficcionais e a bebida? Confira!

Verdade seja dita, quando chegamos à fase adulta, a frase “gostosuras ou travessuras” passa a significar algo totalmente diferente. Já não pensamos em balas ou outros tipos de doce, gostosura mesmo vira poder tomar uma taça daquele vinho especial e travessura é conseguir acordar tarde em um feriado mesmo no meio da semana. Neste clima de Halloween, decidimos investigar uma intrigante questão: existe uma ligação entre vampiros e vinhos? Ficou curioso? Nós também!

De início, já adiantamos que encontrar uma resposta minimamente conclusiva foi bem desafiador, mas, ainda assim, não desistimos. Depois de uma longa pesquisa, resolvemos unir todas as teorias em uma e criar a nossa própria.

Sangue e vinho

Talvez seja um pouco óbvio, mas é inegável que vinho e sangue têm lá suas similaridades. Na verdade, por mais que exista um misticismo muito grande envolvendo os dois elementos, o que mais interessa para nós é a coloração semelhante. Inclusive, mesmo com avanços na área, alguns filmes utilizam da bebida para simular o fluído humano.

vinho e vampiros

Por mais que saibamos que você já fez a associação, a ideia é que, justamente pela sede de sangue que possuem, os vampiros acabam sendo associados ao vinho por tabela, o que gerou toda uma ligação histórica, sendo reproduzida pelo cinema e literatura.

O vinho como símbolo de poder

Muitos consideram que o vinho é o “Rei das Bebidas” e isso se explica por toda a relação milenar que a nobreza e a realeza possuem com o fermentado de uva. Desde o Egito Antigo até os dias de hoje, beber um bom vinho é um claro símbolo de status e, por vezes, até poder.

Uma vez que os vampiros costumam ser retratados como verdadeiros lordes ou, ainda, condes, é impossível não imaginar que eles não beberiam bons tintos se existissem. Aqui, mais uma vez, a associação acaba não sendo tão direta, mas, ainda assim, é bem crível, não é?

Resumindo…

Pode ser que você tenha ficado um pouco decepcionado por não existir nada muito definitivo sobre o tema, mas o fato de a resposta ser tão nebulosa e sem uma base clara torna tudo ainda mais emocionante. Por isso, nós escolhemos um vinho que deixaria qualquer vampiro enfeitiçado. Por ser tão bom, apostamos que até o Drácula sairia no sol para receber um entregador da Grande Adega!

Quinta do Cachão

Com um nome que garante excelentes trocadilhos, este excelente vinho do Douro, apresenta aromas frutados com notas de chocolate e tostado. Em boca, revela taninos bem maduros e macios, com final persistente.

Vai falar que não é perfeito para a noite de Halloween?

Quer mergulhar ainda mais no universo dos vinhos? Acesse o nosso blog!

Compartilhe este post!

Facebook
Twitter
Pinterest
WhatsApp

Confira mais em

Afinal, espumante também é vinho?

Mesmo entre entusiastas, existe uma confusão muito grande sobre a classificação dos espumantes, mas viemos para finalmente resolver esta questão. Confira!