Vinho: breve história de 8 mil anos

Quem foi a primeira a pessoa a beber vinho na história?

Não fazemos a menor ideia! Existem muitas especulações, teorias defendidas por autores sérios, mas a verdade é que de tempos em tempos, em algumas escavações arqueológicas, descobre-se uma nova relíquia de 6 ou 8 mil anos a.C. E assim prosseguimos, sem saber qual é o marco zero do mundo dos vinhos.

Alguns teóricos dizem que a parreira teve origem há 150 milhões de anos outros afirmam que a data provável é 65 milhões de anos, em distantes Eras Geológicas.

O que se pode afirmar, por reconhecidos testes datados com carbono, é que as sementes mais antigas de videiras cultivadas pelo homem foram achadas na atual Geórgia.

Naquela distante época os continentes estavam juntos (Pangeia, pan, do grego, todo ou inteiro). Depois de um longuíssimo tempo, quando houve a separação dos continentes, aconteceu de a Vitis Vinifera ficar na Europa e a Vitis Americana (Lambrusca), na América.

Não há uma razão especial para isso, ocorreu da mesma forma que os leões ficaram na África e não no Brasil, por exemplo. E é a Vitis Vinifera, de bagos menores, com quantidade ínfima de antranilato de metila (que é a substância química que dá o cheiro de suco de uva), só que menos resistente aos parasitas, que dá origem aos vinhos finos.

Mas quando se fez vinho a primeira vez? Lendas existem muitas, mas é impossível precisar uma data.

Compartilhe este post!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp

Confira mais em

Vinhos Díaz Bayo

A família Díaz Bayo elabora vinhos de grande destaque na Ribera del Duero, uma das principais denominações da Espanha.

Vinhos varietais e de corte?

Continuando nossa “tradução” do vocabulário do mundo dos vinhos, o significado dos rótulos varietais ou de corte numa explicação descomplicada.

Como se faz vinhos rosés?

Frescos e elegantes, os vinhos rosés têm roubado a cena já há algum tempo e são preferência dos Millenials.

Vinhos da Rioja

Conheça os vinhos da região da Rioja, a principal denominação da Espanha.