Como escolher a taça ideal?

Você sabe como escolher a taça correta para cada estilo de vinho? Listamos sugestões que podem facilitar o dia a dia.

A gente parte do princípio que cada pessoa degusta vinho como quiser, mas é inegável o charme de servir em uma bela taça, não é mesmo?

Aspectos como a altura, o tamanho e a formato da taça alteram a percepção dos aromas dos vinhos, já que são variáveis que podem interferir na forma como os elementos voláteis da bebida serão dissipados (lembrando: volátil é aquilo que pode se reduzir a gás ou a vapor, sob temperaturas e pressões normais).

Taça de espumante, branco, rosé, tinto…

O formato “tulipa” da taça é o responsável pela aeração do líquido no bojo, onde os vapores mais delicados são mais instáveis e espalham-se primeiramente no ar. Ao girar a taça para que o vinho entre em contato com o oxigênio aparecerão as chamadas “camadas aromáticas”. Por isso, para os espumantes, brancos e rosés aconselha-se as taças de borda estreita.

Por sinal, espumantes pedem taças com boca mais estreita para que os aromas permaneçam por mais tempo. Geralmente, utilizam-se as chamadas “flûte”, finas e longas. Porém, já há algum tempo há um movimento de críticos que gostam de indicar taças semelhantes às de vinho branco para a apreciação dos espumantes. Se você ficar na dúvida, teste com as duas!

As taças de boca larga são ideais vinhos tintos. Dentro dessa categoria, estão as padrão Bordeaux e Borgonha. As Bordeaux são um pouco mais alongadas; já as Borgonha são mais bojudas no centro e possuem a boca mais estreita.

As taças ISO (International Standards Organization) são utilizadas em degustações técnicas. Por conta do tamanho menor que o convencional – com a parte de baixo mais bojuda e a de cima mais fina – é mais fácil manuseá-las nas degustações. As ISO funcionam bem para a maioria dos tipos de vinho. Já a taça para fortificados é mais baixa, pois a quantidade de vinho servida geralmente é menor.

Outra característica importante das taças é o material, que varia entre vidro e cristal. As taças de cristal são mais delicadas e transparentes que as de vidro, que são mais resistentes, recomendadas para uso diário. Por serem mais transparentes, as de cristal permitem melhor visualização da bebida.

Compartilhe este post!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp

Confira mais em

Drinks para o verão

Selecionamos 5 receitinhas fáceis de fazer em casa para você brindar com drinks deliciosos.