Malbec ou Cabernet: qual uva é melhor?

Semelhanças e diferenças entre duas das uvas viníferas mais famosas do mundo, Malbec e Cabernet Sauvignon! Confira qual é ideal para você!

Malbec e Cabernet Sauvignon são certamente duas das uvas viníferas mais conhecidas do mundo. São tão famosas que muitos se referem a elas como se fossem estilos ou nomes de vinhos. Muito provavelmente você já ouviu alguém ser questionado sobre “qual seu vinho predileto” e a resposta ser “Cabernet” ou “Malbec”.

Mas se você já andou aqui pelo Blog da Grande Adega sabe que não é apenas a uva que define um vinho, já que é o terroir que diferencia um argentino de um francês, por exemplo, mesmo que ambos sejam de Cabernet Sauvignon ou Malbec.

Cabernet ou Malbec? Vamos as características principais!

Cabernet Sauvignon

  • Fala-se: ca-ber-nê sô-vi-nhom.
  • Originária da França, da região do Gironde, em Bordeaux.
  • Cruzamento natural entre Cabernet Franc e a Sauvignon Blanc.
  • Produz vinhos de perfil concentrado e tânico.
  • Vinhos, geralmente, encorpados.
  • Cultivada em quase todas as regiões vinícolas do mundo.
  • Em locais mais frios aparecem aromas de groselha e cassis.
  • Em locais mais quentes amora-silvestre e cereja negra.
  • Outros aromas possíveis são pimenta-do-reino e menta.
  • Seus taninos a tornam ideal para acompanhar carnes vermelhas grelhadas.
  • Principais países produtores: França, Chile, Estados Unidos, Austrália e Espanha.

Malbec

  • Fala-se: mal-béc.
  • Originária de Cahors, na França.
  • Na Europa também é chamada de Côt ou Auxerrois.
  • Cruzamento natural entre Prunelard e Magdeleine des Charentes.
  • É uma uva importante para o blend dos vinhos de Bordeaux, mas lá nunca foi protagonista.
  • Na Argentina adaptou-se tão bem que se tornou a tinta mais popular do país.
  • Origina vinhos ricos em frutas, com notas achocolatadas.
  • Geralmente, seus taninos são macios e “adocicados”.
  • Seus sabores clássicos são condimentados ou de frutas silvestres
  • Principais países produtores: Argentina, França, Estados Unidos, África do Sul e Austrália.

Para degustar e comparar, algumas dicas de vinhos destas uvas que você encontra na Grande Adega!

Santa Julia Colección Cabernet Sauvignon

Este argentino elaborado em Mendoza é 100% Cabernet Sauvignon. Vinho com notas de pimentas pretas e groselha. Em boca possui taninos muito macios. Equilibrado, com boa acidez e muito fácil de beber.

Nimbus Single Vineyard Cabernet Sauvignon

Possui aroma de mentol, framboesa e cerejas com notas elegantes de pimenta negra, tabaco e café. No paladar, apresenta uma extraordinária concentração e balanço de taninos suaves e maduros, com um prolongado final.

Santa Julia Colección Malbec

Malbec argentino com aromas de frutas vermelhas maduras e notas de especiarias. Taninos sedosos em equilíbrio com a acidez. Agradável e saboroso.

L’Ame Malbec

Tinto espanhol elaborado na DO (Denominação de Origem) Manchuela com as uvas Malbec de vinhedos de 15 anos. Estagia 16 meses em barrica de carvalho francês. Com aromas de violetas, é fresco, encorpado e com taninos macios. A vinícola Altolandon possui o selo europeu de produção vegana.

Quer mergulhar ainda mais no universo dos vinhos? Acesse o nosso blog!

Compartilhe este post!

Facebook
Twitter
Pinterest
WhatsApp

Confira mais em

Afinal, espumante também é vinho?

Mesmo entre entusiastas, existe uma confusão muito grande sobre a classificação dos espumantes, mas viemos para finalmente resolver esta questão. Confira!