Vinhos Malbec ou Malbec DOC, existe diferença?

Tudo o que você precisa saber sobre a Denominação de Origem Controlada (DOC) que produz alguns dos melhores vinhos da Argentina. Confira!

Que a Argentina é internacionalmente conhecida pela produção de excelentes vinhos Malbec todo mundo já sabe, mas você sabia que o país também detém uma Denominação de Origem Controlada (DOC) criada especialmente para assegurar um maior controle de qualidade?

Estamos falando da DOC Luján de Cuyo, região de Mendoza que acabou se revelando um importante marco na história dos Malbec argentinos e, mais do que isso, da vitivinicultura latino-americana,. Ela, inclusive, foi a primeira Denominação de Origem criada especialmente para os vinhos do país e, desde então, garante ao consumidor final uma qualidade ímpar.

malbec doc

Porém, existem apenas 7 vinícolas argentinas que possuem este certificado, e a Bodega Norton, vinícola com mais 125 anos de tradição, é uma delas. Antes de falarmos do Norton D.O.C. Malbec, um dos maiores expoentes do produtor, precisamos entender melhor quais são as regras que os vinhos de Luján de Cuyo devem cumprir para serem certificados como DOC. Vamos a elas?

  • Em primeiro lugar, o vinho deve ser produzido com uvas de Luján de Cuyo aprovadas pelo Conselho de Denominação Controlada de Luján de Cuyo;
  • O vinho deve ser produzido e engarrafado em Luján de Cuyo;
  • As uvas devem ser provenientes de vinhedos com 10 anos de idade, no mínimo;
  • Os vinhedos devem ser utilizar sistemas de treliças e ter densidade superior a 5.000 plantas/hectare;
  • Os vinhedos devem ter um baixo rendimento por hectare;
  • O vinho deve ter pelo menos 85% de Malbec e, pelo menos, 13,5% de álcool;
  • O tempo entre a vindima e a comercialização do vinho deve ser de 18 meses no mínimo, com pelo menos 6 meses de envelhecimento em carvalho;
  • A rotulagem deve ser controlada e o carimbo oficial deve ser numerado para garantir a rastreabilidade;
  • Os vinhos devem passar por uma fiscalização permanente por parte da diretoria e do Instituto Nacional de Vitivinicultura da Argentina (INV).

Resumindo, são pouquíssimos os vinhos que se enquadram na certificação. Pensando em levar toda essa qualidade até a sua taça, nós, da Grande Adega, te apresentamos o especialíssimo Norton D.O.C. Malbec.

Experimente a excelência de um Malbec DOC!

De excelente custo-benefício, o Norton Malbec D.O.C. é um ícone dos Malbec argentinos, caracterizado por seu excelente corpo, cor intensa, aromas complexos e final delicado. Este vinho amadurece por 6 meses em barricas de carvalho e posteriormente passa 9 meses em tanques de concreto. Aqui, a D.O.C. certifica que as uvas que lhe dão origem provêm exclusivamente de Luján de Cuyo, esta que é uma das melhores regiões da Argentina, e que foi envelhecido tanto em barricas de carvalho francês quanto em garrafa.

Certificação do Norton Malbec D.O.C.

Compartilhe este post!

Facebook
Twitter
Pinterest
WhatsApp

Confira mais em